MEU BEBÊ TEM 5 MESES – E AGORA?

MEU BEBÊ TEM 5 MESES – E AGORA? 

Esta é uma fase onde o bebê inicia novas atividades com grande intensidade, começa a agarrar tudo que está a seu alcance, inclusive pegando objetos e trocando de mão.

Já são necessário alguns cuidados, uma vez que o bebê começa a colocar tudo na boca, porque esta é uma maneira dele poder experimentar as coisas. Chupa brinquedos, coloca o pé na boca, tenta morder o dedo da mãe, lambe objetos, etc.

Portanto, a partir desta fase, é preciso muito cuidado com tudo que ele possa engolir.

Os bracinhos, as pernas e a cabeça já estão mais simétricos e o bebê já está bem mais firme e já consegue manter as costas retas. Mantém a cabeça bem mais estável e rola na cama com mais facilidade quando colocado de bruços, assim como fica mais firme ao se apoiar nas palmas das mãos para levantar.

A partir dos 5 meses o bebê começa a ter expressões faciais mais nítidas, como medo, quando fica zangado, ou quando fica alegre, sendo que suas risadas e os blábláblás são bem mais frequentes.

Como a interação com os que o cercam está mais evidente, inclusive reconhecendo com mais nitidez aqueles que são estranhos, é de extrema importância brincar e conversar com o bebê, sendo muito importante incentivar e fortalecer a presença do pai, para que os dois comecem a criar uma ligação mais forte.

Lembre-se que o desenvolvimento motor assim como o emocional, o social e o cognitivo dependem muito daqueles que cuidam do bebê. Portanto, o carinho, a conversa, as brincadeiras, os estímulos motores devem ser o mais frequente possível.

Aos 5 meses o bebê começa a atender quando é chamado pelo nome, esboçando alguma reação de olhar ou movimento.

Nunca se esqueça de que cada bebê se desenvolve de uma maneira, seguindo seu próprio ritmo, estas são referências de uma etapa que seu bebê deverá alcançar ou agora ou em pouco tempo.

Não fique ansiosa se o seu bebê ainda não faz aquilo que você espera que ele faça. O pediatra é a melhor referência para analisar o desenvolvimento do seu bebê.

Devemos ainda lembrar que O Ministério da Saúde/Organização Pan-Americana da Saúde (MS/OPAS) e a Sociedade Brasileira de Pediatria estabeleceram que até os 6 meses de idade as crianças devem receber somente leite materno, sem oferecer água, chás ou quaisquer outros alimentos. Caso a criança não esteja sendo amamentada, a orientação do pediatra quanto à alimentação do bebê é fundamental.

 

Aos cinco meses existem vacinas que devem ser aplicadas. As que são habitualmente aplicadas nesta idade são as vacinas contra a Meningite C (na rede pública) e a Meningite B (na rede privada) preconizadas pela Sociedade Brasileira de Imunização, pela Sociedade Brasileira de Pediatria e pelo Programa Nacional de Imunização (PNI).

Lembre-se a vacinação é o meio mais seguro de se evitar uma série de doenças. Na dúvida sempre consulte o pediatra.

×
Ola, o que podemos ajudar?