Testes de Alergia

 

Patch test

O teste alérgico de contato, ou patch test denominado como teste epicutâneo é a forma de identificar e ter o diagnóstico da dermatite de contato.

Através deste procedimento é possível ter uma definição se existe uma resposta inflamatória da pele, decorrente a exposição de substâncias externas.

Diante disso, a dermatite de contato pode ser característica do aparecimento do eczema em alguma parte do corpo em virtude de um agente externo.

Com isto o patch test também não é indicado para dermatite ou eczema de contato por ser um irritante primário, ou seja, quando não existem anticorpos, por isto, ela é ideal caso tenha eczema por irritação no local.

 

Prick Test

Este teste é capaz de detectar sensibilidade a inalantes como, por exemplo: ácaros, gramíneas (pólens), fungos, epitélio de cão, epitélio de gato, penas e baratas. Pode detectar também sensibilidade a alimentos como: leite e frações (alfa-lactoalbumina, beta-lactoglobulina e caseína), gema e clara de ovo, trigo, milho, amendoim, glúten, cacau, camarão, peixe, carne bovina, carne suína e carne de frango.

O teste pode ser realizado em qualquer idade, desde que haja forte evidencia clínica. Como se necessita da cooperação do paciente para realizá-lo, em crianças menores é mais difícil de fazer.

Para realização do teste é importante que sejam utilizados extratos padronizados e puntores adequados, além de haver profissionais habilitados com material para qualquer emergência. O teste cutâneo de puntura é atributo do especialista alergologista e embora seja muito seguro, pode desencadear reações sistêmicas, que são raras.