Dificuldades escolares: Porque meu filho não está indo bem nos estudos?

Por Claúdia Lobo Cesar

As dificuldades escolares podem ser devido a vários fatores como:transtornos orgânicos, fatores emocionais, sócio-ambientais e finalmente por transtornos escolares (de origem biológica, transtornos do neurodesenvolvimento).

Veja alguns exemplos:

– Fatores escolares: pode acontecer em função da ão adaptação com o método de ensino, condições inadequadas da sala e despreparo do professor.

– Fatores domiciliares: falta de estímulo por parte dos pais, alcoolismo, drogadicão, violência doméstica, cobrança exagerada por parte dos pais, nascimento de um irmão, separação etc.

– Fatores emocionais: ansiedade, depressão, bulling.

– Fatores orgânicos: dificuldades sensoriais (audição e visão), hipotireoidismo, distúrbios do sono, epilepsia (crises de ausência), doenças crônicas como asma grave que leva à faltas excessivas na escola etc.

– Transtornos do neurodesenvolvimento: TDHA, dislexia, discalculia e disgrafia. Nessa esfera há uma interação de fatores genéticos, epigenéticos, e ambientais.

De acordo com alguns estudos científicos as dificuldades de aprendizagem são frequentes, podendo atingir até 20% das crianças.

O diagnóstico de uma criança que não aprende, envolve a participação de uma equipe multidisciplinar e profissionais experientes e necessita de várias técnicas de avaliação conduzidas nas áreas da saúde e da educação, realizadas conjuntamente, para um planejamento terapêutico adequado.

Mas, o que quero chamar atenção aqui é para nunca atrasar o diagnóstico e tratamento uma vez que as dificuldades escolares causam um estresse tóxico tanto para as crianças quanto para os pais e professores. A auto-estima da criança cai muito e atrás desta baixa auto-estima vários outros problemas podem ser desencadeados na esfera emocional.

Por isso, antes de qualquer julgamento inadequado é preciso investigar para então fazer o diagnóstico correto evitando assim um desfecho pior. É muito importante as escolas exigirem dos pais, antes da criança começar a ser alfabetizada, uma avaliação auditiva e visual, mas  principalmente mas um check-up com o pediatra que vai atrás de patologias orgânicas.

É isso. Espero ter ajudado.

 

Caso queira falar comigo, estou por aqui: claudia@labene.com.br

No nosso canal do Youtube tem um vídeo completo sobre o tema, corre lá!
https://bit.ly/2BSskhp

Até breve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×
Ola, o que podemos ajudar?