Coto do Cordão Umbilical – Tire suas dúvidas

 

colo1Antes do bebê nascer, ainda no útero da mamãe, ele recebe todos os nutrientes, assim como todo o oxigênio que precisa para sua sobrevivência através do cordão umbilical. O cordão tem aproximadamente 50 cm de extensão e cerca de 2 cm de diâmetro e é constituído de um feixe de vasos sanguíneos (2 artérias e uma veia).

Assim que o bebê nasce este cordão é cortado ficando um pequeno pedaço (2 a 3 cm) ainda preso na barriguinha do bebê no local onde será o umbigo. O procedimento para cortar o cordão é totalmente indolor.

Este pequeno pedaço que fica ainda no bebê, com o tempo vai secar, ficar preto e em seguida cair. O tempo para que isto possa acontecer varia entre 10 dias até três semanas após o nascimento e no lugar do coto fica uma feridinha que vai cicatrizar de 7 a 10 dias depois.

Pode acontecer do coto demorar um pouco mais para cair, ultrapassando as três semanas, porém isto não é indicativo de problemas. Se você estranhar a demora fale com o seu pediatra só para confirmar se tudo está correndo bem.

O coto, com o tempo vai ficar bem preto (veja a foto), o que é perfeitamente normal, não devendo causar nenhuma preocupação.
Porém, apesar da queda do coto ocorrer naturalmente é muito importante que ele seja mantido sempre limpo e seco.

Para cuidar do coto é muito importante que as mãos de quem vai cuidar estejam perfeitamente limpas. Nada melhor do que água e sabão para lavar as mãos antes de cuidar do bebê. Não só para cuidar do curativo do coto, mas sempre que for cuidar do bebê as mãos devem estar sempre muito limpas – não se esqueça.

colo2A pele do bebê, assim como a dos adultos que o cercam sempre estão com muitas bactérias que ali vivem normalmente, porém podem provocar infecções no coto umbilical.

Em geral os pediatras recomendam para as mães utilizarem álcool a 70% que deve ser passado no coto com o auxílio de um cotonete, sempre que ocorrer a troca de fraldas. Após passar o álcool o coto deve secar naturalmente e após bem seco pode ser coberto com a fralda.

Não utilize nenhum tipo de faixa e nunca coloque nada sobre o umbigo com a intenção de empurra-lo para dentro.

Ás vezes o coto fica sujo de cocô ou xixi e nestes casos deve ser bem limpo com água e sabão e somente após bem lavado deve ser passado o álcool.

O coto umbilical pode ser molhado durante o banho, sem problemas, portanto o bebê pode tomar banho desde o primeiro dia de vida, porém, após o banho, o coto deve ser bem seco e em seguida tratado com o álcool.

O coto pode eventualmente apresentar uma secreção amarelada e com cheiro desagradável, porém sem significar que esteja infeccionado. Da mesma forma pode ser normal o aparecimento de um pouquinho de sangue na fralda ou roupa que tiver contato com o coto. Estas condições podem ocorrer normalmente, porém se estiver causando preocupação não deixe de falar com o seu pediatra.

colo3Depois que cair o coto, ainda fica uma feridinha que deve continuar a ser cuidada da mesma forma, sempre muito limpinha e continuar a passar o álcool até a cicatrização total.


Se começar a ficar inchado e/ou vermelho ou com cheiro muito forte isto não é normal, pode ser sinal de infecção, então o pediatra deve ser consultado.

Se o sangramento que inicialmente era pequeninho, continuar e/ou aumentar talvez seja necessário cauterizar com Nitrato de Prata, procedimento este que será feito pelo seu pediatra.

Pode acontecer de cair o coto e o umbigo ficar saliente (alto), neste caso é muito possível que o bebê esteja com uma hérnia umbilical. Isto é relativamente comum e na grande maioria das vezes não é necessário adotar qualquer procedimento, uma vez que elas podem regredir em até 3 anos, porém o pediatra deve ser consultado quando então estará acompanhando a evolução da hérnia.

×
Ola, o que podemos ajudar?